(65)4042-1055 |atendimento@caofeliz.com
Português France Italian English Spanish

Câncer de mama em cadelas - Conheça mais sobre essa doença

Câncer de mama em cadelas - Conheça mais sobre essa doença


As cadelas possuem cerca de dez glândulas mamárias, distribuídas em duas cadeias simétricas de cada lado do corpo, do peito para a virilha. A neoplasia da glândula mamária é o tumor mais comum em cadelas e o terceiro mais frequente em gatas, ambas não castradas. Atinge cadelas entre 6 a 12 anos, sendo que os malignos são 50% dos casos de câncer de mama nas cadelas.  Sua etiologia parece ser variada, mas é dependente em grande parte de hormônios.

As cadelas possuem cerca de dez glândulas mamárias, distribuídas em duas cadeias simétricas de cada lado do corpo, do peito para a virilha. A neoplasia da glândula mamária é o tumor mais comum em cadelas e o terceiro mais frequente em gatas, ambas não castradas. Atinge cadelas entre 6 a 12 anos, sendo que os malignos são 50% dos casos de câncer de mama nas cadelas.  Sua etiologia parece ser variada, mas é dependente em grande parte de hormônios. 

Embora não haja fatores específicos que possam ajudar a prever o surgimento do câncer de mama em uma cadela, já há algumas medidas que se provaram bastante eficientes na prevenção desse tipo de neoplasia.

Atrelada muitas vezes a gravidez psicológica, essa disfunção hormonal que ocorre nas cadelas é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença.

Por essa razão recomenda-se a castração antes do primeiro cio, visto que quanto mais precoce for a castração do animal, menor será o risco de desenvolver a neoplasia. É considerada a forma mais eficiente de manter o animal afastado dos riscos de desenvolver esse tipo de doença, já que é, justamente, a porção hormonal das cachorrinhas a grande responsável pelo aparecimento de disfunções que podem influenciar no surgimento da doença. 

 

O câncer de mama pode atingir qualquer raça canina, sendo que, quanto mais velho o animal mais chances do aparecimento da doença. 

O diagnóstico precoce do câncer em cadelas é fundamental para que haja eficácia no tratamento da doença. Por essa razão, é de grande importância observar os sinais atípicos que aparecem na cadela. Entre os principais sintomas do câncer de mama em cadelas, pode-se destacar: 

• Caroços na região das glândulas mamárias;

• Inchaço ou dilatação nas mamas;

• Dor ou incômodo frequente;

• Presença de secreções nas mamas com odor desagradável.

• Vômitos;

• Diarreia;

• Anemia;

Existem casos em que o animal não apresenta sintomas, portanto as idas ao veterinário são necessárias para que se descubra a doença precocemente e possa ser tratada. 

Diagnóstico:

Ao detectar esse primeiro sinal, devemos buscar atendimento veterinário o quanto antes. 

O material removido deverá ser enviado para análise e será o laboratório histopatológico especializado o responsável por determinar os tipos de células presentes.

O início do tratamento do câncer de mama vem pelo diagnóstico. O profissional veterinário, em consulta de rotina ou até mesmo quando o tutor percebe os sintomas e resolve levar o pet, deve colher informações importantes à respeito do histórico do paciente, seu ciclo reprodutivo, regularidade dos cios, número de cios ou gestações, histórico de uso hormonal, históricos de aborto, etc. 

Durante a avaliação clínica ainda, o clínico deve ainda correlacionar o início do aparecimento das lesões com a apresentação clínica atual, bem como, o histórico de neoplasias anteriores. É de extrema necessidade que o médico veterinário avalie ainda a possibilidade de lesões iniciais em outras glândulas.

 

Tratamento:

A partir da definição do diagnóstico, devem ser tomadas as medidas de tratamento da doença.

A quimioterapia é indicada no tratamento da doença sistêmica ou metastática. Deve ser aplicada às neoplasias mamárias como uma terapia adjuvante, que tem como objetivo obter a cura do animal. A quimioterapia antineoplásica visa evitar uma recidiva local, o aparecimento de metástases e eliminar qualquer célula neoplásica residual que tenha chances de existir após a excisão cirúrgica do tumor. 

A quimioterapia tem como alvo as células em intensa atividade proliferativa, inclusive células normais que estão em constante mitose. 

Em questão o tratamento será realizado via remoção cirúrgica, nos casos em que exista uma doença terminal ou se consta a presença de metástase. Por isso, antes de entrar em uma sala de cirurgia, o veterinário realizará uma radiografia que permitirá distinguir a presença de massas em outras partes do corpo. Em caso de realização ou aplicação de medicamentos, ou até pomadas nas mamas, seria recomendável que a cadela usasse o famoso "cone da vergonha". Isso impediria que ela lambesse e removesse o remédio aplicado na região. 

Antes de tudo, o cone da vergonha deve ser apresentado a cadela. Deixe-a cheirar, recompense com bastante carinho e petiscos se possível. E gradativamente coloque o cone. Se a cadela relutar, pare imediatamente o procedimento. Espere algumas horas e repita o procedimento do começo. A apresentação ao cone da vergonha, bem como sua colocação, deve ser feito sempre de forma gradativa. Isso se aplica para qualquer tipo de ferramenta.

Por outro lado, o período pós-operatório será como o de qualquer outra cirurgia, é necessário ter atenção para que a cadela não arranque os pontos, assim como no aspecto da ferida, para controlar possíveis infecções. E é preciso estar atento para que ela não faça muitos movimentos bruscos ou violentos. 

Como prevenir câncer de mama em cadelas:

A causa do aparecimento do câncer de mama em cadelas é principalmente hormonal. Isso nos permite adotar medidas preventivas como a esterilização precoce de nossa cadela. Com a remoção do útero e dos ovários, a cadela deixa de entrar no cio. 

Faça um diagnóstico precoce, leve a clínica veterinária o mais rápido diante de qualquer mudança ou presença de massas, enrijecimento, inflamação, secreção ou dor.

Conheça a Cão Feliz

Você conhece os nossos serviçios? Ajudamos na relação entre os tutores e seus cães. Nosso time espera você de braços abertos para melhorar a vida do seu pet com diversos benefícios. Entre em contato com o nosso atendimento para mais informações.